Indomada - P.C.Cast e Kristin Cast


Ano: 2010 / Páginas: 367 / Editora: Novo Século / Adicione no Skoob / Compre aqui
"Ancestral adormecido, esperando para despertar
Quando o poder da terra sangra em sangrado vermelho
A marca atinge a verdade; a rainha Tsi Sgili conceberá
Ele será levado de seu leito de morte
Pelas mãos dos mortos ele se libertará
Beleza terrível, visão monstruosa
Eles haverão de ser regidos outra vez
Às mulheres hão de se curvar à sua misteriosa Força

Doce é a canção de kalona
Enquanto assassinamos com um calor gelado "
Esse é o quarto volume da série House of Night e cada vez mais a Zoey se vê em meio há responsabilidades que ela ainda não consegue aceitar muito bem, o mundo parece estar caindo sobre os seus ombros e ela precisa tomar decisões que podem acarretar no fim do mundo.



Por consequência de ter escondido vários fatos essenciais que justificam as últimas atitudes de Zoey, seus amigos estão afastados e desconfiados de sua verdadeira personalidade. E não ajuda em nada o fato de ela estar tão próxima de Aphrodite que mesmo tendo provado seu amor e lealdade à Nyx, continua sendo uma garota mimada e difícil de lidar.

Além de ter que se reaproximar e tentar provar que não é uma falsa e desleal novata ao seu círculo, ela também tem que lidar com o fato de que sua melhor amiga, Stevie Rae agora é uma vampira vermelha, seja lá o que isso signifique, e tem todos os novatos vermelhos para tomar conta e não deixar que eles ataquem os humanos novamente.

E finalmente temos os verdadeiros motivos da deusa ter tanta estima pela nossa querida Zoey começam a ser revelados e o destino da futura sacerdotisa começa a se desenrolar e ser revelado aos leitores. Profecias e anjos caídos são revelados para nós e talvez o futuro de toda a humanidade esteja nas mãos de adolescentes escolhidos a dedo por Nyx, mas que ainda possuem seu livre arbítrio, o que deixa as coisas muito mais interessantes.


Uma das coisas que mais me incomodaram no terceiro volume - e nos outros também - foi o fato da personagem principal ter tantos casos amorosos e as autoras fazerem todos parecerem tão especiais e intensos, fica realmente difícil acreditar nos sentimentos da Zoey quando ela se apaixona por qualquer cara bonito que aparece. Mas eu senti que nesse os romances foram mais aceitáveis, não sei se foi apenas eu ignorando essas falhas ou se elas ficaram mais discretas.

O que eu gosto bastante nessa série é o fato dos personagens conseguirem evoluir depois de algumas falhas e decepções. Aphrodite se prova ser uma que encanta por sua profundidade, são tantos sentimentos e pensamentos que vão sendo revelados aos poucos e sua importância se prova ao mesmo tendo dificuldades e medo de ser abandonada pela sua deusa ela consegue manter sua personalidade.

"– Eu te amei sempre. Eu te amo e te quero agora, eu provavelmente sempre amarei. – Os olhos de Heath estavam cheios de lágrimas. – Mas eu nunca mais quero te ver. Amar você dói demais, Zoey."
O rumo da história está me agradando bastante, com muitos mitos e lendas Cherokee e novas criaturas surgindo. A ligação dos vampiros com sua deusa e também com os rituais tão ligados à natureza me fazem ficar tão feliz que me da vontade de fazer uma limpeza com lavanda e outras ervas.


Mais uma vez fiquei impressionada com a leitura ser tão cativante e envolvente, as páginas voaram e quando acabei tudo o que consegui pensar foi em pegar o próximo volume para continuar a descobrir o desenrolar da história. É minha cura para qualquer ressaca literária que eu esteja.


Sobre o autor:


Phyllis Christine "P.C." Cast cresceu indo e vindo para Illinois e Oklahoma, que é onde ela se apaixonou por Quarto de Milha e mitologia (na mesma época). Depois do colegial ela se juntou à Força Aérea dos Estados Unidos e começou a falar em público e escrever. Vive em Oklahoma e lec­ci­ona Inglês na South Inter­me­di­ate High School em Bro­ken Arrow desde 1993. Os seus livros de fan­ta­sia român­tica rece­be­ram nume­ro­sos pré­mios: Prism, Holt Medal­lion, Daphne du Mau­rier, Bookseller’s Best, Affaire de Coeur Reader’s Choice e o Lau­rel Wre­ath. Em 2007 ini­ciou a saga House of Night com sua filha Kris­tin Cast como co-autora.




Kristin Cast é uma autora americana, cujos livros lançados já figuraram entre a lista dos mais vendidos do jornal NY Times. Inicialmente ela começou escrevendo, junto com sua mãe, a Saga House Of Night. Posteriormente, a autora publicou livros sozinha , além de análises editoriais. Kristin já foi várias vezes premiada por suas poesias e textos jornalísticos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem é a Livromaníaca?

Meu nome é Tielle, 27 anos, aquariana com ascendente em Gêmeos, amante dos livros e apaixonada por séries e filmes. Tenho minhas fases e dá para acompanhar minhas mudanças pelos anos que passei escrevendo para esse blog. Se não quiser perder mais nada continue comigo nessa jornada.

Facebook

Caixa de Busca

Facebook

últimas resenhas

Youtube


Categorias

Editoras Parceiras

Destaque

[TAG] 50% de 2019

Vários booktubers já responderam essa tag de meio de ano e fiquei muito animada para trazer ela aqui para o blog também. Essa tag con...

Filmes e Seriados

Newsletter

últimas análises

Instagram

Autores parceiros

Posts Populares

Arquivos

Link-me


Copyright

As postagens e fotos feitas aqui no Livromaníaca são de uso exclusivo desse blog. Caso seja postado alguma foto ou informação que não seja de minha autoria será devidamente sinalizado. Não copie nada sem a permissão da autora, lembrem-se que plágio é crime federal.

Estatisticas do blog

No ar desde: Set/2009
Feito por: Tielle Soares
Melhor visualização: Google Chrome
Tecnologia do Blogger.