Game of Thrones - 1ª temporada


Game of Thrones já conquistou meio mundo com suas batalhas sangrentas, dragões e por não ter medo de causar com decisões que chocam os telespectadores. Eu decidi que iria rever todas as temporadas para resenhá-las aqui no blog então caso queira saber minha opinião e os momentos que mais me chocaram leiam até o final.

Na primeira temporada nós temos a apresentação dos personagens e tenho certeza que todo mundo já foi logo amando a casa Stark, uma família grande com um pai honrado e respeitado e uma mãe amorosa. Mas claro que o seriado já nos mostra que eles são humanos e podem errar e tomar decisões que não agradam a maioria das pessoas também.


Como por exemplo o fato de que Ned Stark já tinha tido um caso fora do casamento gerando seu filho bastardo Jon Snow, mesmo sendo o homem mais honrado que se tem notícia até mesmo ele cometeu um deslize anos atrás. Assim como sua mulher também tem seus defeitos, como não aceitar o enteado e tratá-lo com desprezo sem nem sequer disfarçar.

Os filhos são todos diferentes em personalidade e assim cada telespectador pode se identificar com algum deles, como por exemplo as meninas, Arya é a mais nova e tem um espírito selvagem e guerreiro, passar a tarde em uma sala costurando e conversando com outras meninas não faz seu estilo, diferente de Sansa, sua irmã mais velha, que parece ter nascido para ser uma lady e sabe que ter uma boa relação com outras pessoas é essencial.

Essas diferenças ficam ainda mais nítidas quando eles encontram filhotes de lobos gigantes que não eram vistos ao sul da Muralha há séculos. Cada filho Stark recebe um, inclusive o bastardo, e os filhotes parecem refletir a personalidade de seus donos.


E falando da Muralha, ela fica mais ao norte do mapa de Westeros e foi construída para proteger os cidadãos dos White Walkers (caminhantes brancos) mas que atualmente apenas serve para manter os selvagens do lado norte. 

Protegendo a Muralha temos a Patrulha da Noite, uma ordem militar que faz juramentos de protegê-la com sua vida. Antigamente era uma ordem muito respeitada e tida como orgulho de Westeros, mas atualmente é composta mais por foras da lei e homens velhos, sendo tratado com chacota pelas cidades mais ao sul.


Jon Snow almeja juntar-se à Patrulha junto com seu tio Benjen já que os prazeres da carne ou o sonho de compor uma família não fazem parte do futuro que Jon sempre quis. E é através desse arco que conhecemos o lado mais sobrenatural e mágico de quase toda a temporada, com os indícios de que os Caminhantes Brancos não são apenas uma lenda e estão se aproximando para dizimar Westeros.


Conhecendo mais ao Sul temos o arco mais político, Porto Real é o centro do comércio e onde vive o Rei Robert e a Rainha Cersei. Aqui nós temos uma importante família que faz de tudo para permanecer no poder e que é uma das mais respeitadas de todos os tempos, a casa Lannister. Composta ela rainha, seu irmão gêmeo Jaime e também pelo irmão mais novo, o duende Tyrion. Além dos filhos da rainha que possuem um foco maior nas próximas temporadas.


E finalmente, do outro lado do mar mais especificamente em Essos, conhecemos os dois últimos membros restantes da casa Targaryen: Viserion e Daenerys. Eles são fugitivos de Westeros já que quando o rei usurpou o trono também jurou extinguir todos os Targaryen da terra. Com isso em mente, Viserion deseja retornar à Westeros com um enorme exército e vingar sua família e a oportunidade surge quando ele vende sua irmã em um casamento com uma população de cultura mais violenta: os Dothraki.


Daenerys se casa com Khal Drogo, chefe de centenas de cavaleiros selvagens e se torna uma espécie de rainha para esse povo que ela aprende a amar. Ela então cresce como personagem e de uma menina assustada e controlada pelo irmão passa a ser Khaleesi, até o ponto de conseguir trazer dragões de volta ao mundo.

Mesmo parecendo que entreguei muito da história, acredite, não entreguei quase nada. Há tanta história dividida nesses 10 primeiros episódios que transforma a arte de trazer um pouco da história em algo impossível, mas espero que essa pequena introdução capte a curiosidade de alguns de vocês que por algum milagre ainda não tenham visto esse seriado.


A fotografia do seriado é maravilhosa que se passa desde locais frios o bastante para matar um ser humano até o mais quente deserto. De todo o luxo que encontramos na capital até o mais miserável casebre, e tudo é sentindo pelo telespectador até mesmo o ar muda conforme ameaças são ditas, as vezes transmitidas somente por um olhar.

E são tantos personagens e tantos arcos diferentes que é impossível não se conectar com pelo menos um, todos são aptos para errar para demonstrar maldade e bondade, com um passado e história que chega a fazer com que o telespectador pense "ele é assim por causa do que já aconteceu com ele, não da para culpar...".

Um ótimo seriado para se maratonar em tardes de sábado, sua vida não sera a mesma depois de se envolver no mundo que George R. R. Martin criou e logo você estará fazendo coleção de tudo o que for relacionado a esse mundo. Procurando histórias passadas, fazendo teorias ou tentando aprender a falar Dothraki e Valeriano.

FICHA TÉCNICA

Título Original: Game of Thrones
Ano: 2011
Criação: adaptado dos livros do autor George R. R. Martin
Produtores: David Benioff e D. B. Weiss
Elenco: Emilia Clarke, Kit Harington, Sophie Turner, Lena Headey, Peter Dinklage
Duração: 10 episódios de 60 minutos cada

4 comentários:

  1. Comecei assistir algumas vezes mas acho muito violento e sempre deixo pra lá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É realmente um seriado bem violento mas vale a pena! ;D

      Excluir
  2. Essa série é maravilhosa, adoro!! Quando assisti o primeiro episódio da 1° temporada, já fiquei de queixo caído e querendo mais. É cheia de reviravoltas, assim como as demais temporadas, e acabamos se apegando por alguns personagens para depois ficarmos tristes com seus desfechos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Karina, a única dica que eu daria para quem nunca assistiu e gostaria de iniciar é não se apegar à nenhum personagem! kkk Mas a série é maravilhosa e marcante, vale muito a pena!

      Excluir

Quem é a Livromaníaca?

Meu nome é Tielle, 27 anos, aquariana com ascendente em Gêmeos, amante dos livros e apaixonada por séries e filmes. Tenho minhas fases e dá para acompanhar minhas mudanças pelos anos que passei escrevendo para esse blog. Se não quiser perder mais nada continue comigo nessa jornada.

Facebook

Caixa de Busca

Facebook

últimas resenhas

Youtube


Categorias

Editoras Parceiras

Destaque

[TAG] 50% de 2019

Vários booktubers já responderam essa tag de meio de ano e fiquei muito animada para trazer ela aqui para o blog também. Essa tag con...

Filmes e Seriados

Newsletter

últimas análises

Instagram

Autores parceiros

Posts Populares

Arquivos

Link-me


Copyright

As postagens e fotos feitas aqui no Livromaníaca são de uso exclusivo desse blog. Caso seja postado alguma foto ou informação que não seja de minha autoria será devidamente sinalizado. Não copie nada sem a permissão da autora, lembrem-se que plágio é crime federal.

Estatisticas do blog

No ar desde: Set/2009
Feito por: Tielle Soares
Melhor visualização: Google Chrome
Tecnologia do Blogger.