[resenha] A Bússola de Ouro por Philip Pullman (Fronteiras do Universo #1)


A Bússola de Ouro é o primeiro volume da trilogia Fronteiras do Universo escrita pelo autor Philip Pullman e publicana pela editora Objetiva. Infelizmente minha edição é com a capa do filme e não com a original, o que destoa totalmente a coleção na minha estante. Possui 365 páginas e foi lançado em 2007, já faz um tempinho considerável.

Nesse primeiro volume somos apresentados à um mundo onde as almas das pessoas andam ao seu lado e são conhecidos como dimons, não se pode separa-los e mesmo a distância de alguns metros causa uma dor extrema nos dois. Tudo o que acontece com o dimon, o humano sente e se um morre o outro também morrerá. É uma ligação extremamente forte e bonita.



Lyra Belacqua é uma garota que sempre preferiu correr e brincar como se fosse um moleque, odiava ser chamada de dama e de ter que usar vestido. Ela e seu dimon, Pan, viviam explorando os arredores de Jordan, local aonde cresceu. Sendo órfã e tendo apenas seu tio Lorde Asriel como parente, ela descobre entre os catedráticos e funcionários da faculdade uma família.

Asriel faz explorações no Norte, principalmente em busca de provas sobre a existência do "", que não é um pó qualquer, é bem mais complexo do que isso, o que sabem é que ele é uma partícula elementar que sai da Aurora Boreal e que envolve outros mundos - que podem ser vistos nas luzes do Norte. O maior sonho de Lyra é que ele um dia a leve com ele, sua profissão e descobertas a enchem de orgulho, mas ele se recusa a levá-la quando consegue patrocínio para voltar e fazer mais pesquisas.

O que ela não imaginava é que deixaria Jordan de qualquer maneira, pois uma elegante mulher chamada Sra. Coulter, vem visitar o Reitor e se interessa muito pela garota, se oferecendo para levá-la com ela na próxima expedição para o Norte. Ela é uma mulher manipuladora e de punho firme, todos a admiram e a temem, Lyra irá descobrir o porque.

Enquanto isso crianças começam a desaparecer em todos os lugares, ninguém sabe quem os está sequestrando e nem o que fazem com elas. O povo começou a chama-los Gobblers e no começo, Lyra e seu melhor amigo Roger até fingiam caça-los pelas terras de Jordan até que ele também desaparece. Lyra faz a promessa de encontrá-lo e salvar seu amigo, mas a vida dela já está bastante agitada e ela nem sabe por onde começar.

Para complicar um pouco mais a sua vida ela recebe um estranho presente do Reitor, um Aletiômetro (bússola) que se usado da forma correta, pode dizer a verdade sobre todas as coisas. Ele a proíbe de contar à Sra. Coulter sobre o presente e prefere que mais ninguém saiba que ela o possui. Ela aprende a usá-lo, mas aceitar as verdades sobre as pessoas e seu próprio destino é bem mais complicado do que isso.

Tem muito mais da história que não quero contar porque é simplesmente incrível ir descobrindo junto com a personagem. Mas têm ursos de armadura, feiticeiras e ciganos além de muita ação. Lyra é uma garota corajosa e possui uma compaixão que me conquistou desde a primeira vez que li o livro. Sua ligação com Pan é tão fofa que fico triste de saber que não tenho um animal como alma e que ele não possa ficar sempre falando comigo.

A narrativa do autor é envolvente e tanto o enredo quanto os personagens nos fazem ficar colados no livro querendo acompanhá-los um pouco mais. O livro também tem algumas criticas à religião, que aqui se envolve com a ciência, o bem e o mal é difícil de ser enxergado em determinadas ocasiões. Aquele que faz algo de errado também faz coisas boas, nada é preto no branco, todos temos o nosso lado bom, mas o pecado anda junto com o mesmo.

Mesmo sendo classificado como Infanto-Juvenil é um livro bem complexo e indico à todos que gostarem de uma boa história de aventura e fantasia. O livro teve uma adaptação cinematográfica, mas muitos reclamaram da mesma, eu achei o filme bom, claro que não seguiu a risca o livro, mas é uma adaptação eu achei aceitável.

Trilogia completa com as capas originais:


Sobre o autor:
Philip Pullman nasceu em Norwich, Inglaterra, no dia 19 de Outubro de 1946. Durante a infância viajou pelo mundo inteiro, pois o seu pai e o seu padrasto eram ambos membros da Real Força Aérea. Passou parte da sua infância na Austrália, onde descobriu as maravilhas das histórias em quadrinhos, e cresceu amando, em particular, o Super-Homem e o Batman. Philip Pullman é o autor de várias obras, cujo a mais famosa é a série Fronteiras do Universo.

Aos 11 anos, quando voltou para a Grã-Bretanha, passou a viver no Norte de Gales. Era uma época em que as crianças podiam passear em qualquer lugar, jogar nas ruas, brincar sobre as colinas, e ele tomou plena vantagem disso. A sua professora de inglês, Enid Jones, exerceu uma grande influência sobre Pullman, e ele ainda lhe envia cópias dos seus livros.

Depois de sair da escola, Pullman costumava ir à Faculdade de Exeter, Oxford, para ler. Fez alguns serviços temporários, e então voltou a Oxford para tornar-se um professor. Ensinou em várias escolas para crianças de doze anos, e então se mudou para a Faculdade de Westminster, em Oxford, para ser conferencista a tempo parcial. Ensinou cursos sobre Romance Vitoriano e Contos Populares, e também um curso examinando como palavras e imagens poderiam assentir juntas. Ele eventualmente largou o magistério para escrever em tempo integral.

2 comentários:

  1. Oie!
    Morro de vontade de ler esse livro, lembro de ter visto o filme no cinema e ter ficado encantada! Talvez porque na época eu ainda não tivesse um senso crítico ou não fosse uma leitora tão assídua, mas achei o filme muito bom. O motivo de não ter lido ainda é que eles são bem carinhos, e eu não curto as edições econômicas que sempre estão em promoção. Principalmente com capa original, mais dificil ainda né?
    Adorei a resenha, me deixou com ainda mais vontade!
    Beijos
    Paradise Books

    ResponderExcluir
  2. Amiga fico feliz que vc tenha gostado da leitura e que pena que sua coleção ficou destoando nas capas =/ adorei saber suas impressões sobre a leitura é não vejo a hora de iniciar minha leitura também. Pretendo ler assim como fiz com Nárnia, um por mês; mas como vc sabe os livros de parceria acabam tendo prioridade e nossos desejos precisam esperar um pouco.
    Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir

Quem é a Livromaníaca?

Meu nome é Tielle, 27 anos, aquariana com ascendente em Gêmeos, amante dos livros e apaixonada por séries e filmes. Tenho minhas fases e dá para acompanhar minhas mudanças pelos anos que passei escrevendo para esse blog. Se não quiser perder mais nada continue comigo nessa jornada.

Facebook

Caixa de Busca

Facebook

últimas resenhas

Youtube


Categorias

Editoras Parceiras

Destaque

[TAG] 50% de 2019

Vários booktubers já responderam essa tag de meio de ano e fiquei muito animada para trazer ela aqui para o blog também. Essa tag con...

Filmes e Seriados

Newsletter

últimas análises

Instagram

Autores parceiros

Posts Populares

Arquivos

Link-me


Copyright

As postagens e fotos feitas aqui no Livromaníaca são de uso exclusivo desse blog. Caso seja postado alguma foto ou informação que não seja de minha autoria será devidamente sinalizado. Não copie nada sem a permissão da autora, lembrem-se que plágio é crime federal.

Estatisticas do blog

No ar desde: Set/2009
Feito por: Tielle Soares
Melhor visualização: Google Chrome
Tecnologia do Blogger.